inovamos com projetos e parcerias

Parcerias

As parcerias são uma mais-valia para a APPACDM de Santarém, pois sem elas, algumas das respostas asseguradas não seriam possíveis. Anualmente, é realizada uma avaliação do valor acrescentado das Parcerias, estabelecidas, quer sejam formais, quer sejam informais.

Atualmente temos à volta de 50 parcerias, formais e infomais. 
 

Projetos, Estágios e Visitas 

 

Projetos
O Gabinete de Projetos da APPACDM de Santarém procura ser uma estrutura dinâmica e inovadora ao nível da elaboração de candidaturas, implementação no terreno de determinados projetos, celebração de protocolos de estágios, organização e colaboração em Seminários com outras entidades.
A procura de projetos tem por base:
- Reunião de vários dados de natureza diagnóstica que identifiquem necessidades
prementes e objetivas de suporte à elaboração de determinada candidatura;
- Triagem mensal dos projetos nacionais e internacionais feitas através de pesquisa na internet e site do POPH, site do Ministério do Trabalho e da Segurança Social, site do Ministério da Saúde, Instituto Português da Juventude, Fundação Oriente, Fundação Calouste Gulbenkian, site da Socialgest, do Instituto Nacional de Reabilitação, Instituto de Emprego e Formação Profissional, base de dados transnacionais do Centre Europe Direct, ite da EAPN, site do QREN, site da APRODER, site dos Gabinetes de Inserção Profissional, sites de vários municípios
Portugueses, FENACERCI, e outros.


Estágios e visitas
As regras que definem o funcionamento dos Estágios na APPACDM de Santarém envolvem três tipos de estágios:
a) Curriculares b) Académicos c) Profissionais
Para qualquer um deles, o pedido é efetuado por escrito, endereçado à Responsável dos projetos que o remeterá para as Valências e/ou serviços de acordo com o solicitado.
Após a decisão, será dado conhecimento por escrito aos estagiários e/ou Instituições que solicitaram o estágio pela responsável dos projetos. Quer o pedido, quer a resposta são arquivados em dossier próprio, pelo mesmo responsável.
Os documentos associados (normas, regulamentos e protocolo) serão enviados ao colaborador responsável pelo aluno/estagiário, dado que será ele que assumirá todas as atividades inerentes a esse estágio.
Findo o estágio, todos os documentos, incluindo a avaliação pelo colaborador/ orientador, serão arquivados na área de projetos, a fim de serem monitorizados.
O Protocolo de cooperação/parceria é assinado pela Diretora Técnica e/ou Presidente, de acordo com o ofício recebido. Se dirigido ao Presidente será este a assiná-lo, em contrário será a responsável pelos projetos.

A primeira receção e visita às instalações são efetuadas pela Socióloga - Dr.a Filipa Camacho – que providenciará dados relacionados com a Instituição para entregar à Entidade ou facultar a sua leitura.

 

Projeto URANO

O Projeto Urano resulta de um protocolo assinado entre a Humanitas e a Fundação Portugal Telecom.

De acordo com este projeto foram criados espaços onde estão disponíveis produtos e serviços desenvolvidos na área das comunicações, designadamente Soluções Especiais PT, vocacionadas para pessoas com deficiência em geral, algumas das quais aplicadas com grande êxito à área da deficiência mental.

 

A APPACDM de Santarém, vem por este meio apresentar a todos os interessados o Projeto uma «Quinta para Todos» em parceria com a Fundação EDP, aprovado durante este ano de 2011. Leia [+]

Veja também o vídeo no portal do sapo http://videos.sapo.pt/KzD0t9fe1n23Y4Z4ncp5

E já agora o vídeo da SIC http://sicnoticias.sapo.pt/vida/article1265878.ece

Nota: A publicidade não é da nossa responsabilidade, mas sim do site que tem o vídeo.

Projeto CLDS 3G

O programa CLDS 3G tem como finalidade promover a inclusão social dos cidadãos, através de ações a executar em parceria, por forma a combater
a pobreza persistente e a exclusão social. Pretende-se assim:

-Promover a criação de circuitos de produção, divulgação e comercialização de produtos locais e ou regionais;

-Promover o desenvolvimento de instrumentos facilitadores reduzindo o isolamento e a exclusão social;

-Promover o desenvolvimento de instrumentos capacitadores das instituições da economia social, que permitam uma maior racionalidade de recursos
e a eficácia de gestão;
-Promover a inclusão social dos cidadãos, através de ações, a executar em parceria, que permitam contribuir para o aumento da empregabilidade,
para o combate a situações críticas de pobreza, particularmente infantil, da exclusão social de territórios vulneráveis, envelhecidos ou fortemente
atingidos por calamidades;
-Promover a concretização de medidas que promovam a inclusão ativa das pessoas com deficiência e incapacidade, bem como a capacitação das instituições.

Para mais informações sobre este projeto pode também aceder:

http://www.seg-social.pt/contratos-locais-de-desenvolvimento-social-3g-clds-3g

© 2015 by APPACDM SANTAREM. Todos os direitos reservados.

  • facebook-square
  • youtube-square
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now